BR está interditada há mais de 40h por risco de explosão de caminhão-tanque

  • 0

BR está interditada há mais de 40h por risco de explosão de caminhão-tanque

Técnicos são aguardados pela PRF para destombar o veículo no Sul do Piauí.

 

Caminhão carregado de combustível tombou  na BR-135 (Foto: Divulgação/PRF)

Caminhão carregado de combustível tombou na BR-135 (Foto: Divulgação/PRF)

Com risco de incêndio e novos acidentes, a BR-135 está interditada há mais de 40h no Sul do Piauí e sem previsão de liberação. No sábado (22), um caminhão carregado de diesel e gasolina tombou, causando vazamento de combustível na pista. O motorista do veículo morreu e um passageiro ficou ferido.

“Pelos riscos de explosão e incêndio decidimos interditar o trecho em Eliseu Martins nos dois sentidos. Além disso, o asfalto está cedendo no local do acidente por conta do contato com o combustível”, explicou o inspetor Jonas Mata, da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Técnicos e peritos da Suatrans, empresa de Fortaleza responsável pelo veículo, estão sendo aguardados para trabalhar no destombamento. Eles serão responsáveis também pelo processo de descontaminação, que é tirar parte do combustível e gases do tanque.

 Técnicos da Semar e bombeiros fizeram resfriamento do local (Foto: Divulgação/PRF)

Técnicos da Semar e bombeiros fizeram resfriamento do local (Foto: Divulgação/PRF)

“Tal procedimento é demorado e de alto risco, podendo provocar explosão. Já a empresa construtora responsável pelo trecho já esteve no local para avaliar o asfalto e farão reparos no local quando o procedimento de remoção do caminhão for concluído”, acrescentou o inspetor.

Enquanto isso, equipes da PRF orientam os motoristas para um desvio do trânsito por uma estrada vicinal em Eliseu Martins para Colônia do Gurguéia. Já a Polícia Militar realiza o mesmo trabalho em Colônia do Gurguéia, em sentido oposto.

A pista foi interditada logo após o acidente durante cinco horas, mas o tráfego foi liberado em um dos lados da via ainda durante a madrugada de domingo (23). No entanto, a estrada voltou a ser fechada horas depois com a chegada do Corpo de Bombeiros ao local e permanece bloqueada nos dois sentidos até a manhã desta segunda-feira (24).

 Trecho da BR-135 continua interditado  (Foto: Divulgação/PRF)

Trecho da BR-135 continua interditado (Foto: Divulgação/PRF)

“Técnicos da Secretaria de Meio Ambiente e os bombeiros estiveram na rodovia resfriando o local, porque o sol poderia ajudar a provocar um incêndio. O Dnit [Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes] foi informado que a parte do asfalto que teve contato com o combustível está cedendo, podendo provocar outros acidentes”, disse a assessoria da PRF.

A estimativa é que o tanque transportava 15 mil litros de gasolina e a mesma quantidade de diesel. O dado será confirmado quando os policiais tiverem acesso à nota fiscal. As causas do acidente ainda estão sendo apuradas.

Rodovia da morte

A BR-135 é conhecida como ‘rodovia da morte’ por conta dos vários acidentes registrados. Segundo dados da PRF, de janeiro a junho deste ano foram registrados 45 acidentes, que resultaram em 35 mortes. A última ocorrência com vítimas ocorreu em junho quando um ônibus de turismo capotou e deixou nove mortos e 18 feridos.

Em estudo recente, a PRF comprovou que as péssimas condições de segurança da rodovia são alguns dos agravantes para o número elevado de acidentes na região. Em alguns pontos, o desnível entre a pista e o acostamento chega a 30 centímetros, além de 18 km sem vias duplicadas, falta acostamento e largura da pista fora do padrão de rodovia federal.

Fonte G1.


Deixe um Comentário

FACEBOOK

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar